XANDER

Xander tinha um trabalho que implicava que ele convivesse com pessoas, muitas das quais o ignoravam; outras tratavam-no mal sem sequer o conhecer e algumas eram simpáticas e atenciosas. A partir desta experiência profissional, começou a nutrir alguma proximidade para com o niilismo e a gostar dessa proximidade. Quanto mais ele trabalhava, pior era o tratamento e mais os seus braços se abriam para receber o desprezo pela maioria dos seres humanos.

Os milionários são milionários porque dois minutos da vida deles são indispensáveis e têm de ser dedicados ao trabalho, ou ao percurso a pé rumo ao mesmo. Não importa chegar a milionário, se não se continuar a trabalhar para se ser mais milionário ainda. Um dos requisitos para se obter este estatuto, implícito nos números da conta bancária, deve ser o de desprezar muitas das pessoas que não aparentam ter qualquer contributo para os negócios fanfarrões dos ricaços. Xander pensava isto porque sabia com que tipo de pessoas lidava no seu trabalho, quais delas o olhavam nos olhos e quais delas o olhavam com desdém.                

Em mais um dia de trabalho, Xander conheceu Yulianna. Conversaram um pouco e aos desabafos de Xander ele tentou demonstrar-lhe que nem todos os seres humanos são egoístas, ansiosos por atingir um patamar que lhes permita desprezar os outros com uma conta bancária condizente.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: